Toda Hora Online

Dicas e tutoriais facilitados na Internet

Carta Social: O que é e quem tem direito a utilizar o serviço

Compartilhe essa informação:

O Governo Federal, com a finalidade de permitir a todos os brasileiros acesso aos serviços postais, criou, ainda no Governo FHC, a Carta Social.

À partir do ano de 2012 apenas beneficiários do Bolsa Família passaram a poder utilizar o serviço.

A ideia principal da carta é permitir às famílias de baixa renda o direito de se comunicar através de correspondências.

No caso paga-se um valor simbólico por cada envelope.

Aqui no artigo vou escrever um pouco mais sobre a Carta Social e dizer os critérios para envio.

Vamos ao artigo:Carta Social o que é e quem tem direito benefício

Carta Social: O que é e quem tem direito a utilizar o serviço

O que é a Carta Social

A Carta Social é um serviço fornecido pelos Correios para pessoas de baixa renda.

A mesma permite às pessoas enviarem correspondências a um valor simbólico.

A ideia principal é fazer com que famílias carentes tenham acesso ao serviço postal e consigam se comunicar por meio de cartas com seus amigos e familiares.

É uma iniciativa conjunta do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome e do Ministério das Comunicações.

Quem pode utilizar

Para conseguir utilizar o serviço deve-se estar dentro de um dos seguintes critérios:

Receber o Bolsa Família

É permitido ao Responsável Familiar e às demais pessoas inclusas no Cadastro Único a utilização do serviço.

Para isso é preciso levar a documentação necessária que pode ser vista mais abaixo.

É necessário, também, respeitar os critérios para envio e preencher corretamente o envelope à mão.

Estar preso custodiado em qualquer parte do território nacional

No caso, quem está recluso em custódia, poderá utilizar-se do benefício.

Isso permite com que os mesmos tenham contato com seus amigos e familiares.

Critérios para o envio

O peso máximo da Carta Social deve ser de 10 gramas.

É possível enviar no máximo cinco cartas por dia por remetente.

A carta deve ser pessoal, não permitindo o envio de pessoas jurídicas e, muito menos, utilizando envelopes timbrados ou promocionais.

Como escrever a carta

O envelope da carta deve ser totalmente manuscrito.

Deve-se conter a inscrição “CARTA SOCIAL” no canto inferior esquerdo do envelope do anverso(parte onde coloca-se os dados do destinatário do envelope), em cima de onde se coloca o CEP.

Abaixo o exemplo de como deve ficar a carta:Carta Social como escrever no envelope

Só é válida para entregas em território nacional.

Quanto se paga

O valor a ser pago é de R$0,01 por cada carta de, no máximo, 10 gramas.

Esse é um valor simbólico para que as pessoas que recebem o Bolsa Família possam enviar correspondências aos seus amigos e familiares.

Documentos a serem apresentados

Beneficiários do Bolsa Família

  • Responsável Familiar

Para o Responsável Familiar, que é a pessoa que possui o nome inscrito no cartão do benefício, basta levar o Cartão do Bolsa Família e um documento de identificação com foto.

  • Outros integrantes da família

Quando for outro integrante da família deve-se levar o cartão do benefício, o documento do Responsável Familiar e os próprios documentos.

Somente com a apresentação de toda a documentação necessária é possível efetuar a postagem.

Documentos aceitos:

  • Carteira de identidade expedida pela Secretaria de Segurança Pública, Polícia Civil, Comandos Militares, Institutos de Identificação e Corpos de Bombeiros;
  • Carteira de Trabalho;
  • Carteira Nacional de Habilitação;
  • Certificado de Reservista;
  • Carteira funcional expedida por órgão público que, por lei,  tenha validade como identidade.

Presos custodiados

Possuem operações específicas para poder ser feito o envio das cartas.

Para saber mais sobre isso deve-se procurar uma regional dos Correios em sua cidade.

Como utilizar o serviço

Para utilizar o serviço basta ir a uma agência dos Correios com a carta e os documentos em mãos e pedir pelo serviço.

A Carta Social possui um selo especial que será utilizado na referida correspondência.

Para maiores informações deve-se procurar uma agência dos Correios e se informar.

Conclusão sobre a Carta Social

É uma ferramenta importante que permite a todos os brasileiros, mesmo os de baixa renda e presos custodiados, comunicarem-se com seus amigos e familiares através de serviços postais.

Eles são bem rigorosos e é necessários seguir todos os critérios para conseguir usufruir do benefício.

Caso se enquadre dentro dos critérios, procure uma Agência dos Correios e se informe melhor sobre esse serviço.

5/5 (1)

Por favor, avalie esse artigo:

Deixe uma resposta

Toda Hora Online © 2017 Frontier Theme
shares