Dicas de economia doméstica

Não é surpresa o que a pesquisa do Sistema de proteção ao crédito (SPC) demonstrou: o brasileiro não poupa dinheiro. E, quando o faz, é de maneira conservadora ou com um propósito definido, como, por exemplo, adquirir um bem. E mesmo em relação à economia doméstica, as pessoas cometem deslizes.

No atual momento de crise vemos os preços no supermercado mudar constantemente e os salários não acompanharem essa oscilação. O que faz ainda mais necessário uma economia, em todos os setores.

Organização é a chave para conseguir reduzir gastos e poupar dinheiro.
Ordenamos algumas dicas para auxiliar na economia doméstica, que facilitarão o planejamento e otimização de suas receitas e despesas.

Sugestões para economia doméstica

Fazer o controle de seus gastos mensais

Apesar de difundida, essa ideia é muito pouco colocada em prática. O ideal é registrar todos os gastos e ganhos em uma planilha.

Controle pequenos gastos

Gastos, por menores que sejam, tomam grandes proporções quando são contabilizados ao fim do mês. Pense sobre o lanche que você faz na rua. Há certos gastos que podem ser eliminados por não serem essenciais. Em tempos de crise, para fazer alguma economia você tem que estar disposta a fazer certos sacrifícios.

Fazer lista de compras antes de ir ao supermercado e pesquisar preços

Quando você vai ao supermercado sem uma lista de compras a tendência é comprar itens que não são necessários. O que pode gerar gastos inconsequentes. Tenha certeza de que o mercado que você frequenta é aquele que oferece o melhor preço. E fique de olho em promoções.

Não faça compras com fome

A fome faz o consumidor comprar por impulso, e comprar besteiras como doces e guloseimas. Itens dispensáveis para quem quer economizar.

Reveja suas atividades

Você pode trocar suas atividades, como as de lazer, para aquelas que gastem menos dinheiro. Troque aquelas mais caras, como jantar fora todo fim de semana por um encontro com os amigos na sua casa, por exemplo. Caminhe ao invés de pagar academia.

Tente comprar à vista

Os benefícios de comprar a vista são principalmente a possibilidade de negociar descontos e a percepção do quanto está gastando.
O brasileiro tem uma grande tendência em comprar tudo parcelado, e isso se deve a falta de disciplina e organização em economizar.

Economize em pequenos detalhes

Evite gastos desnecessários, como por exemplo, não comprando presentes próximos a datas comemorativas, cancelando assinaturas de pouca utilização. Cancele renovações automáticas, reveja a cobertura de seguros e seus planos de telefone e TV a cabo.

Guarde, mesmo que pouco

Se você economiza, mesmo que pouco, começa a criar o hábito e consegue enxergar os benefícios de se ter uma poupança. Defina um valor mensal para depósito em uma conta poupança e seja fiel a quantia e datas estipulados.

O que você achou desse artigo? Se gostou dessas dicas, compartilhe com seus amigos e nos deixe uma avaliação!
E para mais novidades não deixe de nos seguir nas nossas redes sociais!

Compartilhe essa informação:

5/5 (1)

Por favor, avalie esse artigo:

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

shares