Transferência do título de eleitor → Veja como fazer quando mudar

A transferência do título de eleitor é uma questão muito importante pois ela permite que você exerça sua cidadania e ajude as pessoas a escolher a melhor opção para governar o país, sempre que mudar de município deverá mudar o local de votação para que ajuda a comunidade do local onde mora a votar no melhor candidato.

Claro que não é obrigatório mudar, podendo ir à sua cidade votar ou justificar.

Mas a transferência poderá lhe poupar tempo e a manter a situação regular do seu cadastro.

Veja abaixo as ações que deve tomar para fazer isso:Como fazer transferência do título de eleitor para outra cidade

Transferência do título de eleitor

Existem alguns requisitos que devem ser observados por quem deseja fazer a transferência do título de eleitor.

Veja abaixo os mesmos:

  • Residir a pelo menos três meses no município atual;
  • Ter passado um ano ou mais da data do seu alistamento ou da última transferência;
  • A pessoa que deseja deve procurar o cartório eleitoral responsável pela sua nova moradia.

Obs.: Excluem-se os funcionários públicos, militares e autárquicos(ou membros da família) que tenham mudado de residência devido a uma exigência do seu trabalho, esses podem fazer a transferência do título de eleitor a qualquer momento.

Não é possível fazer a solicitação através de procurador, apenas a própria pessoa poderá fazer a solicitação.

Documentos necessários

Os documentos de identificação devem ser originais, em alguns cartórios poderá ser pedido o xérox (fotocópia), portanto, se for possível, leve o original e o xérox para que não tenha que perder tempo.

Veja abaixo a lista do que é aceito:

Documentos pessoais

Pode ser aceito qualquer um dos seguintes documentos:

  • Carteira de Identidade;
  • Certidão de Nascimento (se solteiro) ou de Casamento;
  • Carteira de Trabalho e Previdência Social;
  • Carteira emitida pelos órgãos criados por lei federal, controladores do exercício profissional (OAB, CRM, CREA etc);
  • CNH;
  • Passaporte, desde que contenha todos os dados necessários à qualificação do requerente, inclusive a filiação.

Obs.: Caso haja alguma mudança no nome da pessoa em virtude de casamento ou de qualquer outro, o fato deverá ser comprovado mediante certidão de casamento ou documentação judicial.

Comprovante de residência

Esse é o documento mais importante pois ele comprova que realmente mora no município para onde está transferindo o seu título de eleitor.

O mesmo deve ser no nome do eleitor, podendo ser:

  • Conta de água;
  • Conta de Energia Elétrica;
  • Conta de Telefone;
  • Conta de Internet;
  • Conta de gás;
  • Envelopes de correspondência;
  • Extrato bancário;
  • Fatura de cartão de crédito;
  • Entre outros.

O documento deve ser atual e ser original, deve-se levar um xérox para que, caso seja necessário, não perca tempo e já resolva seu problema de uma vez.

Caso resida com um parente e não tenha nenhum dos comprovantes acima em seu nome deverá apresentar, em conjunto com o comprovante de residência, um documento que comprove o devido parentesco, filiação ou tutela, podendo ser uma declaração feita pelo dono do comprovante em cartório.

Como fazer a transferência do título de leitor

Cumprindo os requisitos necessários, basta seguir o passo a passo abaixo para fazer a transferência do título de eleitor de um município para outro:

  1. Procure o cartório eleitoral responsável pelo município que você está morando. (Poderá ver a lista de cartórios aqui, sendo que é bom entrar em contato antes pois muitos funcionam com agendamento);
  2. Apresentar um dos documentos de identificação e um dos comprovantes de residência válidos(Se puder leve o xérox pois alguns cartórios poderão solicitar, assim evita perder tempo);
  3. Pronto, seu título de eleitor será transferido e poderá exercer seu dever como cidadão.

Outra forma de fazer isso é através do serviço Poupatempo, aí deve-se procurar o mesmo para obter informações mais pertinentes.

Conclusão sobre como fazer a transferência do título de eleitor

É bem simples fazer a transferência, bastando comparecer a um cartório eleitoral munido de documentação pessoal e de um comprovante de residência dentre os válidos.

Deve-se fazer isso para exercer sua cidadania e ajudar o município no qual está morando a escolher melhor o seu governante, pois terá de aturá-lo por 4 anos, então melhor escolher bem.

E você, o que achou do artigo sobre a transferência do título de eleitor? Deixe um comentário com dúvidas, sugestões ou reclamações.

Compartilhe essa informação:

5/5 (1)

Por favor, avalie esse artigo:

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

shares